O 3° encontro do Batuque das Manas para estudar o Maracatu já tem data marcada. Acontecerá no dia 28 de julho de 2018, às 14h, no Parque da Cidade Roberto Burle Marx.

O evento é aberto a todas as mulheres e acontece de forma colaborativa. As que tiverem instrumentos podem levar e as que não tiverem podem ir e revezar os instrumentos com as outras. Segundo o grupo, é importante que quem tenha leve, pois assim contribuirá para que mais mulheres consigam tocar.

Não é preciso saber tocar instrumentos musicais. “Durante o encontro, uma vai ajudando a outra”, explica Beatriz Patareli, uma das idealizadoras do grupo.

O ponto de encontro das participantes é na entrada do parque; em seguida, as manas escolhem juntas um local para fazerem o batuque. Depois, realizam uma roda de conversa para se apresentarem e iniciar os estudos sobre Maracatu.

A ideia de montar um grupo de estudo surgiu do preconceito existente dentro deste estilo musical. “Nós, fundadoras do grupo, amamos o Maracatu, e todas fomos vítimas do machismo constante e presente no Maracatu. Então, resolvemos nos unir para estuda-lo sem opressão”, conta Beatriz.

O Parque da Cidade está localizado na av. Olívio Gomes, 100, em Santana, São José dos Campos (SP). Quem quiser saber mais sobre o Batuque das Manas, elas estão nas redes sociais: @batuquedasminas