A infinidade de relações do homem com a fauna, a flora, o religioso e o sagrado é o tema da 14ª edição da Bienal Naïf do Brasil, que começa hoje, 17 de julho de 2018, às 20h, no Sesc em Piracicaba (SP).

Com curadoria de Armando Queiroz, Juliana Okuda e Ricardo Resende, a exposição apresenta bordados, desenhos, esculturas, gravuras, pinturas, vídeos, entre outras técnicas, produzidas por 120 artistas de 22 estados do país.

A arte Naïf, também conhecida como arte Primitiva, é um estilo que não segue as regras tradicionais de representação de imagens, seleciona elementos da tradição popular e os combina plasticamente.

A exposição permanecerá aberta até 25 de novembro de 2018, de terça a sexta, das 13h30 às 21h30; sábado e domingo, das 9h30 às 18h. A entrada é gratuita.

Esta unidade do Sesc está localizada na rua Ipiranga, 155, no centro de Piracicaba (SP).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here