Medos e traumas. São muitas as prisões materiais e imateriais que acorrentam as mulheres. Esses são apenas alguns dos assuntos tratados pelo espetáculo “Correnteza” (direção de Bruna Castro) que será apresentado nos dias 18, 19, 20, 26 e 27 de janeiro de 2019, às 20h, no Centro de Estudos Teatrais (CET).

No espetáculo, Joyce Maia, Maria Clara Medeiros, Mayara Árvore e Mayla Arvore trazem ainda a busca incessante pela própria liberdade e o percurso vasto e assimétrico para alcança-la.

Para a montagem da “Correnteza”, o grupo realizou pesquisas práticas e teóricas sobre o Sistema Penitenciário Feminino brasileiro e possibilitou vivências artísticas no Centro de Ressocialização Feminino de São José dos Campos (SP).

A classificação é de 14 anos, a entrada é gratuita e distribuição dos ingressos será realizada uma hora antes do evento. O CET está localizado na Fundação Cultural Cassiano Ricardo (av. Olívio Gomes, 100, Santana, São José dos Campos, SP).