Foto: Paulo Amaral/FCCR.

A partir de hoje, começaremos a falar sobre os blocos de rua das mais diversas regiões no Brasil. Começaremos pelo Pirô Piraquara, o mais tradicional de São José dos Campos (SP), cidade onde o Produção em Cena, até o momento, tem maior atuação.

O Pirô Piraquara é quem abre oficialmente todos os anos o Carnaval joseense e desfila pelas ruas do centro da cidade com os tradicionais bonecões que fazem homenagem aos grandes nomes da cultura popular do Vale do Paraíba, interior do estado de São Paulo.

Até no nome faz referência à cultura regional, Pirô Piraquara significa homem que vive à beira do Rio Paraíba do Sul, o mais importante da região por abastecer toda a região.

Com 31 anos de folia, o bloco relembra os antigos carnavais de rua com a presença de marchinhas e adereços, além dos bonecões já mencionados. Reunindo estes elementos, o Pirô Piraquara promove a união, o festejo e a proximidade das pessoas.

Mas não confunda tradição com mesmice; a cada ano, ele surge com novidades, no ano passado, por exemplo, contou com a participação de bonecões de Monteiro Lobato (SP) e do Grupo Piracema também de São José dos Campos (SP), e de 40 ritmistas do Projeto Batucando – Formando Talentos, do Instituto Batucando, de Santa Branca (SP).

O bloco carnavalesco também é responsável por inspirar a formação de outros blocos, que podem desfilar pelas ruas juntos e/ou separados.

O bloco é uma das atividades do Projeto Piraquara, criado pela Fundação Cultural Cassiano Ricardo (FCCR), em 1988, para ser o responsável por atividades e ações culturais voltadas para a valorização do folclore e da cultura popular regional.

Para animar ainda mais a folia, a FCCR promove todos os anos oficinas em suas Casas de Cultura para aprender a confeccionar máscaras e bonecões.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here